sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Livro do Mês

INFERNO, Dan Brown
Opinião de Carla Gregório

Li este livro para tentar sair da ressaca literária em que estava – é o que eu chamo quando não tenho vontade de ler nada – e encontrei-o muito bem estacionado numa prateleira da Biblioteca da Escola. Tinham-me dito que era um regresso aos tempos do Código Da Vinci e do Anjos e Demónios do mesmo autor. Não acreditei muito, já que depois desses dois grandes êxitos, o autor, para mim, tinha entrado em declínio.

Enchi-me de coragem e levei-o para casa. Duas tardes foram suficientes para o ler. Mal entrei na história, não consegui parar. Tudo se passa em 24 horas, Robert Langdon acorda num hospital, com amnésia e sonhos horríveis, alguém tenta matá-lo e ele quer saber porquê. A partir deste ponto, tudo se sucede a um ritmo vertiginoso, entramos no mundo de Dante, da arte, da história e das localidades italianas por onde vai passando. Em simultâneo, temos uma passagem pelos problemas da sociedade atual, do avanço tecnológico e das organizações legitimadas (como a OMS) e clandestinas.

Do meu ponto de vista, é um livro muito acessível: a ordem dos acontecimentos está, maioritariamente, por ordem cronológica; a ação é rápida, está sempre a acontecer algo de novo; a linguagem utilizada não constitui obstáculo; a informação histórica, artística e arquitectónica, que, para mim, é o que de mais precioso tem, foi colocada de forma muito clara e os elementos necessários à compreensão da história são recordados várias vezes. Como eu li o livro rapidamente, esse recordar foi o que menos gostei, mas compreendo que alguém, com um ritmo de leitura mais lento, goste dessa atenção. Se eu lesse poucas páginas e fizesse intervalos muito grandes na leitura, precisaria de uma atualização para lembrar o que estava para trás. Pois é isso mesmo o que acontece.

O Inferno de Dan Brown é um livro para quem gosta de policiais, ações rápidas, ou que goste de ler acerca de locais de interesse histórico, para os curiosos de arte e, sobretudo, para quem precisa de um livro para passar o tempo.

Sem comentários:

Enviar um comentário